Piadas
As piadas ao lado, foram retiradas da internete e não apresentavam informações de seu criador nem de sua fonte, sendo de uso comum. Algumas foram alteradas para tirar palavrões ou conotações excessivamente negativas.

FRASE DO DIA
             "Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental. Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você."
(Antônio Palloci)

______________________________________________________________

DOENTE QUE NADA...!
            A mulher, depois de seu marido ter saído da consulta, pergunta ao médico o que é que ele tem. O médico responde:
_ Seu marido não tem nada, minha senhora. Ele pensa que está doente, é só isso.
            Uma semana depois, a mulher liga de novo para o médico:
_ Doutor, que é que eu faço...? Já fazem dois dias que meu marido pensa que está morto...

______________________________________________________________

SINAL DOS TEMPOS
            Um casal de velhinhos está deitado na cama. A esposa não está satisfeita com a distância que há entre eles; ela lembra:
_ Quando éramos jovens, você costumava segurar a minha mão na cama.
            Ele hesita e, depois de um breve momento, estica o braço e segura a mão dela.
            Ela não se dá por satisfeita.
 _ Quando éramos jovens, você costumava ficar bem pertinho de mim.
            Uma hesitação mais prolongada agora e, finalmente, resmungando um pouco, ele vira o corpo com dificuldade e se aconchega perto dela da melhor maneira possível.
            Ela ainda insatisfeita:
_ Quando éramos jovens, você costumava dar mordidinhas na minha orelha...
            Ele dá um longo suspiro, joga a coberta de lado e sai da cama.
            Ela se sente ofendida e grita:
 _ Aonde você vai?
 _ Buscar a dentadura, véia chata!

______________________________________________________________

O "MALA MEN"
           O assunto da aula era medo. A professora começa a perguntar...
_ Pedrinho, do que você tem mais medo?
_ Da mula-sem-cabeça, 'fessora.
_ Mas, Pedrinho, a mula-sem-cabeça não existe. É apenas uma lenda... Você não precisa ter medo.
_ Mariazinha, do que você tem mais medo?
_ Do saci-pererê, 'fessora.
_ Mariazinha o saci-pererê também não existe. É somente outra lenda... Você não precisa ter medo.
_ E você, Joãozinho? Do que tem mais medo?
_ Do "Mala Men", 'fessora.
_ "Mala Men"? Nunca ouvi falar... Quem é esse tal de "Mala Men"?
_ Quem é, eu também não sei, 'fessora'. Mas toda noite minha mãe diz na Oração: "Não nos deixais cair em tentação e livrai-nos do Mala Men".

______________________________________________________________

VIAGRA
            Ao ver o marido vestindo o paletó, a esposa perguntou:
_ Aonde você vai?
_ Vou ao médico - respondeu ele.
_ Por quê?! Você está doente?
_ Não. Vou ver se ele me receita esse tal de Viagra.
            A esposa levantou-se da cadeira de balanço e começou a vestir o casaco. Ele perguntou:
_ E você? Aonde vai?
_ Ao médico, também - respondeu ela. Quero pedir para tomar uma antitetânica.
_ Antitetânica? Mas.... Por quê?
_ Vai que essa coisa velha e enferrujada volte mesmo a funcionar...

______________________________________________________________

FRASE DO DIA
             "Eu, malandro, que nada...! Malandro é o pato, que já nasce com os dedos colados para não usar aliança."      (Zeca Pagodinho)

______________________________________________________________

CONSELHO PROFISSIONAL

Um advogado e um médico estavam em uma festa. De repente, um dos convidados aproxima-se do médico e pede um conselho para ajudá-lo a cuidar de uma úlcera.
Contrariado com o assunto bem no meio de uma festa, ele dá alguns conselhos e se afasta.
Ao encontrar o advogado, pergunta:
_ Como você lida com pessoas que insistem em lhe pedir conselhos profissionais fora de um escritório?
_ Ahh...! Eu mando, no dia seguinte, a conta pelo conselho – diz o advogado. Isso já resolve.
            No dia seguinte, chegando ao consultório, o médico manda a secretária enviar ao “cliente” da noite anterior uma conta de R$50,00 pelo conselho dado na festa.
            Mas a felicidade do médico dura pouco. No meio da tarde do mesmo dia, ele recebe a conta de R$100,00 do advogado.

______________________________________________________________

TEMPESTADE
            Sábado, como de costume, me levantei cedo, coloquei minha vestimenta de pesca, silenciosamente, para não perturbar minha mulher, tomei café, e até levei o cachorro para dar uma volta.
            Em seguida, fui até a garagem e engatei o barco de pesca no meu 4x4.
            De repente o céu ficou preto e começou a chover torrencialmente, com ventos muito fortes. Liguei o rádio e ouvi que o tempo seria chuvoso durante todo aquele dia.
            Voltei imediatamente para casa, e silenciosamente tirei minhas roupas e rapidamente deslizei para debaixo dos cobertores.
            Afaguei as costas da minha mulher e suavemente sussurei:
_ O tempo lá fora está terrível!
            Ela, ainda meio adormecida, respondeu:
_ Você acredita, que o idiota do meu marido foi pescar com esse tempo?

______________________________________________________________

AJUDINHA...
            Num carro de metrô, um anão começou a escorregar do banco e um outro passageiro, solidário, o recolocou na posição.
            Pouco depois, ele escorregou novamente e o mesmo passageiro o recolocou no assento
            Quando a situação se repetiu pela terceira vez, o homem já irritado, o recoloca no assento e esbraveja:
_ Será que você não consegue ficar sentado num banco sem escorregar?
            Ao que o anãozinho responde:
_ Meu amigo, já passamos por três estações, estou tentando desembarcar, mas o Sr. não deixa!

______________________________________________________________

Ta-Ta-ta-taravô
O Joãozinho fala para a mãe:
_ Mamãe, o Juquinha disse que ele tem um ta-ta-ta-taravô!
            E a mãe lhe responde:
_ Nossa...! Como ele é mentiroso!
            E o Joãozinho:
_ Não, mãe! Ele só é gago!

______________________________________________________________

CANDIDATO
Um candidato a governador sobe no palanque e começa a fazer seu comício:
_ Neste bolso nunca entrou dinheiro roubado do povo ...
            Aí, uma pessoa que assistia ao comício, grita lá do meio da multidão:

_ Calça nova, heim, pilantra!